PortuguêsSão PauloSão PauloPirassununga Seg-Sex 08:00-18:00 +55 11 2666-3666 Seg-Sex 08:00-18:00 +55 19 4042-8686
atendimento@centrosucar.com
Telefone
11 2666-3666
E-mail Comercial
vendas@centrosucar.com
Padrão Industrial
FSSC 22000
Cotações

A Cervejaria Ambev inaugurou, em 2019, um projeto inovador de geração de energia em parceria com a Luming Inteligência Energética. A startup gaúcha identificou, junto com a equipe da cervejaria, uma oportunidade para reduzir a emissão de CO2 em 482 toneladas por ano – o equivalente ao plantio de mais de 2,8 mil árvores. O projeto foi implementado, primeiro, em Águas Claras do Sul (RS) e já foi replicado em outras três unidades, nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Panará. Juntas,  produzem 449 mil kwh de energia todo mês, o suficiente para abastecer cerca de 2,8 mil residências. A iniciativa utiliza uma tecnologia americana inédita no Brasil e, como fonte de energia, aproveita o biogás emitido por uma das etapas do processo de produção da Ambev.

“Nós temos uma série de metas voltadas para sustentabilidade dentro da Cervejaria Ambev e, em uma delas, nos comprometemos a reduzir em 25% as emissões de carbono ao longo da nossa cadeia de valor até 2025”, afirma Anderson Carneiro de Souza, Especialista em Energia e Fluidos da Cervejaria Ambev. “A parceria com a Luming é muito importante não apenas porque nos coloca mais próximos de atingir nosso objetivo, mas também porque reflete exatamente o tipo de iniciativa que mais buscamos: projetos inovadores, que aprimorem nossos processos dentro das cervejarias de forma benéfica ao meio ambiente e que nos coloquem em contato com startups pioneiras, que possam trocar experiências conosco para crescermos sempre juntos.”

O projeto foi concebido, implementado e será operado pela Luming Inteligência Energética, startup que desenvolve soluções de geração de energia a partir de biogás e gás natural, com soluções financeiras incorporadas. No caso da Ambev, eles viram que as Estações de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEIs) – presentes em todas as cervejarias, para tratar a água usada na produção antes de devolvê-la a natureza – queimavam o biogás resultante do processo de tratamento, em vez de aproveitar seu potencial energético. Esse biogás, que é um combustível renovável, agora é usado para movimentar uma microturbina e, assim, gerar energia que é reaproveitada pela fábrica. Essa forma de gerar energia é considerada a mais limpa que existe, porque tem pegada negativa de carbono – ou seja, reduz a emissão de CO2 com sua própria geração. Além disso, evita a sobrecarga da rede de energia.

“A oportunidade de inovar e aprender junto com uma empresa líder como a Cervejaria Ambev, reconhecida por sua eficiência gerencial e ambiental, foi extremamente gratificante para o time da Luming. O tamanho do desafio só não foi maior que o aprendizado e a felicidade de viabilizar uma solução pioneira de transformar resíduos e impacto ambiental em energia renovável e redução de custos”, explica Rael Mairesse, sócio-executivo da Luming.“O exemplo da Ambev abre caminho para que outras empresas busquem oportunidades de ganho ambiental e redução de custos a partir do que hoje é considerado resíduo, mas na verdade deveria ser visto como matéria prima ou combustível. O Brasil é o país com maior potencial do mundo em biogás, que na maioria dos casos é desperdiçado pela restrição de capital e complexidade tecnológica das soluções. O modelo de negócios da Luming soluciona a necessidade de capital e simplifica a gestão dos sistemas, que permanece a cargo da Luming, permitindo que a indústria mantenha o foco nos seus processos produtivos principais”, conclui.

Fonte: Site ABIR – Assoc. Bras.da Indústria de Refrigerantes e Bebidas não Alcoólicas