*Ofner segue Bauducco e inicia embarque de panetones para os EUA

  • panetone-ofner-acucar-centrosucar-bauducco

A Ofner, rede paulistana de confeitarias, deu início neste mês à exportação de panetones para os Estados Unidos, seguindo os passos da Pandurata Alimentos, dona das marcas Bauducco, Visconti e Tommy. A companhia enviou na semana passada 10 mil unidades de panetones para redes varejistas de Miami.

“Nessa primeira fase, a meta é conhecer os clientes americanos. Para isso, fizemos acordos com empórios, lojas voltadas ao público brasileiro, cafeterias e redes varejistas com boa capilaridade”, disse Mário Costa Jr, diretor executivo da Ofner. A companhia tem planos de ampliar as linhas de exportação, com salgados e congelados em 2017, e estuda abrir uma loja em Nova York em 2018. Costa disse que os Estados Unidos é um mercado com grande potencial de consumo de panetones.

Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), em 2015, as exportações brasileiras de panetones somaram 3,1 mil toneladas e movimentaram US$ 11,8 milhões. Os embarques tiveram aumento de 4,3% em volume e queda de 8,5% em receita, em comparação ao ano anterior. Desse total, metade foi para os Estados Unidos. Claudio Zanão, presidente da Abimapi, estima que as exportações neste ano ficarão estáveis em volume e aumentarão 5% em valor, devido ao reajuste de preços.

A empresa que mais exporta é a Pandurata, dona da Bauducco. A companhia é a maior fabricante de panetones do país, com 59% do mercado brasileiro. Nos EUA, segundo a companhia, a Bauducco tem mais de 50% de participação nas vendas da categoria. Em agosto deste ano, a Pandurata inaugurou uma fábrica em Miami e um centro de distribuição para atender à demanda nos Estados Unidos, no Canadá e em Porto Rico.

Fonte: Valor Econômico | ABIMAPI