Indústria de bebidas se volta para os mercados emergentes

  • industria-de-bebidas-centrosucar

Relatório do Center for Science in The Public Interest (CSPI) aponta que tem caído a venda de refrigerantes e semelhantes na Europa e Estados Unidos: nos EUA, o consumo per capita de bebidas carbonatadas e/ou adoçadas com açúcar teria diminuído 25% entre 1998 e 2014.

O relatório aponta que a indústria de bebidas açucaradas está buscando compensar essas perdas por meio de agressivas estratégias nos países de baixa e/ou média renda, como Brasil, Índia e México: os braços das multinacionais na América Latina, Ásia, Oriente Médio e nos países africanos têm estratégias projetadas para aumentar o consumo até 2018, com alvo específico nas crianças e adolescentes. Somente a Coca-Cola Company pretende investir mais de USD 30 bilhões nos mercados emergentes entre os anos em 2012 e 2017, segundo o relatório.

Fonte: Jornal do Brasil (21/02/2016)