*Centrosucar promove vacinação contra gripe H1N1

  • ação de vacinção H1N1 na centrosucar

Serão imunizados todos os colaboradores da empresa

Responsabilidade Social – A Centrosucar, empresa comercializadora de açúcar líquido, açúcar líquido invertido e açúcar cristal, promove ação de imunização contra gripe H1N1, disponibilizando a vacina a todos os seus colaboradores, tanto do escritório de São Paulo quanto da cidade de Pirassununga (interior do Estado), incluindo a área de produção da empresa parceira Dulcini.

A primeira fase da ação foi realizada nessa segunda-feira, dia 18 de abril, e imunizou mais de 40 funcionários na planta de Pirassununga.

Para que essa fase alcançasse a adesão de 100% de seus colaboradores, foi montado um ‘atendimento ambulatorial’ devidamente higienizado dentro das dependências da Centrosucar – local em que a equipe de profissionais de saúde pôde realizar a ação com toda segurança para a saúde dos funcionários.

Com o sucesso obtido nesta primeira fase, a empresa segue agora para a etapa dois da ação, programando a imunização dos profissionais do escritório de São Paulo para os próximos dias. A ideia, segundo a empresa, é que toda a equipe da Centrosucar esteja imunizada antes do fim deste mês. Importante destacar que a vacina irá imunizar a pessoa contra mais de três tipos de vírus da gripe, incluindo a H1N1 (uma das mais severas).

Para saber mais:

A H1N1 é o vírus da gripe A, conhecida também por influenza suína, e causa de epidemia no Brasil e no mundo. Muito perigosa para a saúde, essa gripe já causou a morte de 153 pessoas em todo País (até 09 de abril de 2016), segundo Boletim Epidemiológico de Influenza do Ministério da Saúde, publicado nessa terça-feira (19).

Mais da metade das mortes por H1N1 ocorreram em São Paulo, com 91 óbitos, seguidos por Santa Catarina (10), Goiás (9) e Rio de Janeiro (8) – demonstrando a gravidade da doença em nosso estado. Ainda foram registrados, de acordo com o boletim, 1.012 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) causada pela influenza A/H1N1.

Transmissão: pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela se dá pelo contato direto com os animais ou com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias.

Prevenção: Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool; jogar fora lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar; evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes; não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo; e não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal.

Fonte: Centrosucar | G1 – O Globo | Ministério da Saúde | Dr. Dráuzio Varella