Açúcar Cristal volta para R$80,00/ saca com proximidade de nova safra

  • acucar-cristal-centrosucar-materia-1

Os preços do açúcar cristal seguem sem sustentação no mercado spot paulista, voltando, agora, para a casa dos R$ 80,00 por saca de 50 kg, mesmo patamar de dezembro, quando a média nominal do Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 80,57/sc. As quedas são justificadas pela flexibilidade de algumas usinas em suas ofertas, dado o interesse por atrair compradores. Com as recentes quedas dos preços, a liquidez segue estável.

As negociações, principalmente domésticas, têm sido influenciadas pela possibilidade de início antecipado da nova safra do Centro-Sul. Conforme levantamentos do Cepea, algumas usinas pretendem começar a moagem já no próximo mês, e as expectativas são de que a produção de açúcar no Brasil seja maior que a da safra 2015/16. A consultoria F.C. Stone estima que 42,8% do total da cana moída na região Centro-Sul na temporada 2016/17 seja direcionada para a produção de açúcar – na safra 2015/16, até janeiro, 40,9% da cana foi destinada à produção de açúcar.

Outro fator que também influencia na desvalorização do açúcar cristal no mercado doméstico é a queda do demerara na Bolsa de Nova York. O novo rebaixamento do Brasil pela agência de classificação de risco Standard&Poor’s (S&P) levou à queda de 1,58% do Real no dia seguinte ao anúncio.

Esse cenário tende a estimular a exportação do açúcar brasileiro, o que pode ter sido determinante para as quedas na Bolsa de Nova York.

Com relação à paridade de mercado interno e externo, as vendas de açúcar cristal no spot paulista remuneraram 15,24% a mais que as externas no período de 15 a 19 de fevereiro. Enquanto a média semanal do Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ foi de R$ 81,00/sc, as cotações do contrato nº 11 da ICE Futures, com vencimento em Março/16, equivaleriam a R$ 70,29/sc. Para esse cálculo, foram consideradas as médias semanais de US$ 47,45/t de fobização, de US$ 87,69/t de prêmio de qualidade e câmbio a R$ 4,0216 por dólar.

O Indicador de Açúcar Cristal ESALQ/BVMF referente ao produto posto no porto de Santos ou com custos equivalentes, sem impostos, cor Icumsa máxima de 150, que inclui vendas domésticas e para exportação, caiu 0,98% na semana, fechando a sexta-feira a R$ 79,82/saca 50 kg.

No mercado atacadista do estado de São Paulo, o Indicador de Cristal Empacotado fechou a R$ 9,16/saca de 5 kg, baixa de 0,47% sobre a sexta anterior. O açúcar refinado amorfo fechou a R$ 2,2091/saca de 1 kg, queda de 0,59% no mesmo período.

No Nordeste, o ritmo dos negócios continua lento. A demanda segue retraída, com parte dos compradores utilizando estoques. Do lado da oferta, algumas unidades estão firmes nos preços, mas outras aceitam negociar o açúcar a valores mais baixos.

Fonte: Agência Estado (22/02/2016)